close

CARROSSEL: Ex-secretário e Superintendente de Hildon Chaves são presos pela PF

Também foram presos três empresários, Roniele Cabral Medeiros, Adna Menezes e Marcelo Freitas

DA REDAÇÃO

4 de Setembro de 2019 às 09:58

.

 

O jornal Rondoniaovivo apurou os nomes dos presos pela operação Carrossel, deflagrada na manhã desta quarta-feira (4) pela Polícia Federal, na Secretaria Municipal de Educação e que apura supostas irregularidades nos contratos de transporte escolar rural por parte da gestão Hildon Chaves (PSDB).

 

Foram presos o ex-secretário municipal de Educação da capital, Cesar Licório, e a Superintendente Municipal de Licitação, Patrícia Damico do Nascimento Cruz. Também foram presos três empresários, Roniele Cabral Medeiros e Adna Menezes da empresa Rondonorte e Marcelo Freitas, da Freitas Transporte.

 

VEJA MAIS

 

CARROSSEL: PF deflagra operação para combater desvio de recursos públicos na Semed

 

CARROSSEL: Operação na Prefeitura de Porto Velho tem 5 mandados de prisão

 

O mandado de prisão é provisório, porém pode se estender na modalidade preventiva caso seja de entendimento da Justiça após a reunião das provas coletadas durante a deflagração da operação.

 

VEJA MAIS

 

TRANSPORTE ESCOLAR: Pais registram ocorrência na delegacia após nova paralisação do serviço

 

CRISE NA EDUCAÇÃOEstudantes de 12 comunidades estão sem transporte escolar em PVH

 

TRANSPORTE ESCOLAR: Prefeitura não cumpre promessa e moradores voltam a fechar a BR-319

 

O objeto da investigação atual foi a contratação emergencial dos serviços de transporte escolar terrestre para atender alunos da rede municipal, bem como a prorrogação desses contratos, onde foram apuradas fraudes no caráter competitivo do processo licitatório nº 09.000157/2018, por intermédio de conluio entre as empresas participantes e superfaturamento dos preços.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS