close

CONTA DE LUZ: “Não podemos ajoelhar para quem chicoteia a população”, diz Léo Moraes

O congressista alertou a Comissão de Minas e Energia sobre o abuso que vem sendo cometido contra o povo de Rondônia

ASSESSORIA

26 de Setembro de 2019 às 09:36

CONTA DE LUZ: “Não podemos ajoelhar para quem chicoteia a população”, diz Léo Moraes

FOTO: (Divulgação)

Membro da Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal, o deputado Léo Moraes (PODE), vem se posicionando de forma contundente contra as altas tarifas de energia elétrica que vem sendo cobrada em Rondônia, isso após a privatização do serviço de distribuição de energia no Estado.

 

Nesta semana, o congressista alertou os membros da comissão sobre o abuso que vem sendo cometido contra os cidadãos rondonienses por parte da Energisa, empresa responsável pela distribuição e cobrança das tarifas.

 

“São relógios que não são medidos ou colocados de forma equivocada, trabalho marginal dos funcionários que vão todos encapuzados, o prazo de trinta dias que não é respeitado para o corte de energia”, afirmou Léo Moraes.

 

ANEEL e Bandeira Tarifária

 

O deputado Léo Moraes é o proponente do Projeto de Decreto Legislativo que exige o susto da cobrança da bandeira tarifária em todo o país, de acordo com o parlamentar não existem critérios definidos pela ANEEL no que tange essas tarifas.

 

“Os diretores dessas agências reguladoras recebem gordos salários para resguardar o cidadão, fato que não acontece. Esse aumento da tarifa disposto pela ANEEL não respeita  o aumento inflacionário”, disse Léo Moraes.

 

Jogo pesado

 

Para Léo Moraes existe um jogo pesado de parlamentares que fazem lobby em defesa das empresas de energia elétrica dentro do Congresso Nacional, porém esse é momento de se colocar ao lado da comunidade.

 

“Temos que dar uma resposta à sociedade brasileira e não nos ajoelharmos para quem muitas vezes chicoteiam a população”, finalizou Léo Moraes.

 

O deputado segue com suas atividades legislativas em Brasília e levará à pauta a subcomissão ao qual ele integra que está responsável pela fiscalização das agências reguladoras no Brasil.

 

Confira vídeo:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS