close

BAIXO MADEIRA: Vereador Bengala participa de reunião sobre ativação de agroindústria de Castanha

O vereador Jurandir Bengala disse que os procedimentos estão começando de maneira correta, com analise profissional e planejamento, visando resultados práticos e seguros

ASSESSORIA

22 de Novembro de 2019 às 14:35

BAIXO MADEIRA: Vereador Bengala participa de reunião sobre ativação de agroindústria de Castanha

FOTO: (ASSESSORIA)

Na manhã dessa terça feira, 19, o Secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luis Cláudio Pereira, participou de reunião no gabinete do vereador Jurandir Bengala, para discutir iniciativas voltadas para a ativação de uma unidade de beneficiamento de castanha na vila São Carlos, na região do Baixo Madeira, em Porto Velho. No encontro estavam presentes  Veríssimo Santos Neto, gerente do departamento de Meio Ambiente e Sócio Economia da Hidrelétrica de Jirau, o presidente da Cooperativa de Agro Extrativismo do Médio e Baixo Madeira (COOMADE) José Wilson Mello, o empresário Antônio Pires Viana e gerente de produção da Semagric, agrônomo Luis Carlos Coelho de Menezes.

 

Conforme José Wilson Mello a unidade de processamento de castanha já existe e precisa de investimento para que volte a funcionar com capacidade industrial adequada, de maneira que uma parceria com empresa privada se justifica e atende as necessidades dos que do dependem do extrativismo na região e que necessitam de valorização no produtor final. O empresário Antônio Viana anunciou que a empresa que representa está disposta a investir, inicialmente, pelo menos 700 mil reais em estrutura e aportar mais um milhão e meio de reais para custeio, basicamente na aquisição de castanhas in natura.

 

Luis Cláudio da Agricultura disse que a gestão Hildon Chaves tem políticas públicas voltadas para esse tipo de iniciativa, tem absoluto interesse em fomentar o agronegócio  e que a SEMAGRIC está apta a oferecer assistência e apoio que se fizer necessário, inclusive contando com técnicos qualificados para trabalhar no sistema agro florestal. José Mello, presidente da COOMADE, disse que se abre uma perspectiva de otimismo para a região do Baixo Madeira, na junção de forças entre a Semagric, a SGR Jirau, a Cooperativa e uma empresa privada. Por sua vez o vereador Jurandir Bengala disse que os procedimentos estão começando de maneira correta, com analise profissional e planejamento, visando resultados práticos e seguros. “A Jirau tem ligação direta com os produtores e se preocupa com a manutenção e produtividade sobre os investimentos que já foram feitos e os que ainda serão inseridos”, disse o vereador.

 

 Ainda na manhã de ontem uma comitiva formada pelo presidente da COOMADE, pelo engenheiro agrônomo Luis Carlos Menezes, o empresário Antonio Viana, que também é especialista nesse tipo de usina de processamento, e representantes da Jirau seguiram viagem até a vila de São Carlos para visitar a agro indústria e fazer um diagnóstico detalhado, iniciando assim as tratativas que possam colocar a unidade em funcionamento já nos próximos meses.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS